top of page

Prefeitura e Estado anunciam entrega de 1.000 cestas básicas às famílias atingidas pela estiagem severa



_Ação faz parte da ajuda humanitária as famílias afetadas pela estiagem severa no último ano na região_


Assessoria


Uma parceria entre a prefeitura de Sena Madureira através da secretaria municipal de cidadania e assistência social (SEMCIAS) e o governo do estado por meio da Defesa Civil Estadual vai garantir a entrega de 1.000 cestas básicas às famílias carentes do município, que foram afetadas pela estiagem severa que atingiu a região nos últimos meses. A ação conta com o apoio do prefeito Mazinho Serafim.


De acordo com o secretário municipal de cidadania e assistência social, Daniel Herculano, a entrega será realizada na próxima semana na sede da SEMCIAS com dia e horário ainda a serem divulgados . Ele ainda destacou que as cestas serão destinadas as famílias cadastradas no CadÚnico, e aos indígenas.


“Estamos recebendo as cestas hoje e vamos cuidar para que sejam entregues na próxima semana. Nossa equipe já está cuidando de todo o processo para que a entrega seja de forma célere. De antemão afirmo que 300 cestas básicas serão destinadas aos indígenas conforme recomendação da defesa civil do estado”, disse o secretário.


Representando o gestor municipal, o secretário de finanças, Dr. Getulião Saraiva, também falou sobre a ação. “A gestão do prefeito Mazinho Serafim é conhecida por dar uma atenção especial aos mais necessitados. Portanto em seu nome, quero agradecer ao Estado em nome do governador Gladson Cameli, pela parceria e por contemplar nosso município com essa ação humanitária”, disse.


A reunião também contou com a presença do coordenador estadual da defesa civil, Coronel Carlos Batista, do vereador Alípio Gomes, representando a câmara municipal, do comandante do corpo de bombeiros no município, Tenente Gustavo Marinho, da secretária de administração, Adriana Martha, do representante da defesa civil municipal, Carlos D’Ávila, e do representante da secretaria de estado de governo.




Comments


bottom of page