• ASCOM

Prefeitura apresenta projeto para a castração de animais de rua no município

O projeto foi encaminhado à Câmara Municipal de Sena Madureira e aguarda aprovação dos vereadores


O prefeito Mazinho Serafim (MDB) se reuniu com o assessor jurídico Denver Vasconcelos, o veterinário da gestão municipal, Rodrigo Bortolon, e veterinários que ajudaram a finalizar o projeto de castração dos animais do município.


De acordo com o veterinário Rodrigo, o projeto vem sendo montado e analisado nos pequenos detalhes. “Hoje finalizamos o projeto de castração de cães, que começou desde do início da gestão e estamos tentando por meios legais fazer a castração dos animais”, comentou.



(O prefeito Mazinho Serafim (MDB) se reuniu com o assessor jurídico Denver Vasconcelos, o veterinário da gestão municipal, Rodrigo Bortolon, e veterinários que ajudaram a finalizar o projeto de castração)

Rodrigo ainda falou que, a princípio, a terceirização foi a melhor opção encontrada para resolver a situação, onde a castração visa os cães machos e principalmente de rua.

“Então hoje decidimos que vamos terceirizar a castração, a principio só cães machos, principalmente os animais de ruas, tentando diminuir a população. Hoje uma cadela pare em torno de três vezes ao ano. O aumento da população de cães vem crescendo e esse projeto visa a diminuição dele”, disse.


Rodrigo destacou que o projeto foi encaminhado à Câmara Municipal de Sena Madureira e aguarda aprovação dos vereadores. “O projeto será enviado a Câmara, onde será realizada uma parceria público privada. A secretaria de Saúde entrará com a ajuda na captura do animais e entrega na empresa vencedora da licitação, que também vai acompanhar a recuperação dos animais até o animal ser liberado para a adoção ou pra ser solto novamente”.



Por fim, o veterinário falou sobre a responsabilidade da empresa que ganhar a licitação para realizar todo o processo de castração e cuidados com os animais. “A empresa terá que ter toda uma estrutura para acomodar os cães, a gente pensa no bem-estar animal, tem todo um cuidado, funcionários para cuidar deles, não deixando faltar água e comida, medicamento no horário certo, além do cuidado pós-operatório”.

0 comentário